O TERREMOTO DO APOCALIPSE


"Um terremoto de magnitude nunca vista abalou, nesse dia 21 de maio de 2011, todos os continentes do Planeta, e duzentos milhões de pessoas estão desaparecidas".

 

Você sentiu o abalo desse terremoto?

 

Não?!

 

Eu também não.

 

Esse terremoto seria o cumprimento da previsão do grupo religioso Family Radio.   Os duzentos milhões de desaparecidos seriam eles arrebatados para o céu.

 

Eles pensavam que isso fosse ocorrer, porque, segundo escritos cristãos, isso passou pela cabeça de um velhinho lá pelo fim do primeiro século do nosso calendário gregoriano: "houve também um grande terremoto, qual nunca houvera desde que há homens sobre a terra, terremoto tão forte quão grande; e a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e Deus lembrou-se da grande Babilônia, para lhe dar o cálice do vinho do furor da sua ira.  Todas ilhas fugiram, e os montes não mais se acharam." (Apocalipse, 16:18-20).

 

Sabemos que nunca ocorreria um terremoto dessa magnitude.  Mas "tudo é possível para aquele que crê".

 

Acredito que deve estar ocorrendo um terremoto na cabeça de cada um dos que andaram pregando essas coisas por aí, principalmente aqueles que deixaram seus empregos pensando que não iriam precisar trabalhar mais a partir de ontem.